Adotei um gatinho, e agora? Dicas para a sua primeira adoção de gato

Durante a quarentena provocada pela Covid-19, muitos centros de doação de gatos reportaram um aumento significativo nas adoções. Com gatinhos chegando a novos lares, surgiram também mais dúvidas a respeito do que fazer ao adotar um gato.

Por isso, se é a sua primeira vez adotando um gato, é importante saber quais cuidados tomar nessa experiência inédita em sua vida. Separamos seis dicas importantes para que a adoção de seu gatinho ocorra da melhor forma.

O que fazer quando adotar um gato

Ao adotar um felino, é preciso primeiro saber que os cuidados entre cães e gatos são bem distintos. Então, se você já estava acostumado com cachorros, é bom continuar a leitura mesmo assim. E se você está pegando um pet pela primeira vez, atenção redobrada nessas dicas!

Leve seu gatinho quanto antes no veterinário

Assim que você e seu gatinho novo passarem a dividir o mesmo teto, é de grande importância levá-lo quanto antes no veterinário. Isso garante que ele já comece a vidinha dele ao seu lado saudável, livre de doenças, e com os devidos tratamentos se forem necessários para assegurar isso.

Dentre o que é necessário nas primeiras consultas, podemos mencionar:

  • Exame de fezes;
  • Exames de pele;
  • Coleta de sangue;
  • Definição de dieta;
  • Compromisso com agenda de vacinação.

Logo na primeira consulta com um médico veterinário especializado em felinos, você saberá o caminho mais saudável que deverá ser seguido a partir dali. E isso vai ser muito importante para prevenir bactérias, vermes e doenças, como sarna, micose, leucemia e até AIDS felina.

Compre rações adequadas para ele

Cada fase da vida felina demanda uma ração especial e adequada. Inclusive, além de separar entre as rações para filhotes, adultos e idosos, como é usual entre pets, os gatos possuem uma peculiaridade: as rações para gatos castrados diferem daquelas para os não castrados.

A diferença entre a ração para gatos castrados e não castrados está nos nutrientes concentrados em cada uma. Como o organismo do felino passa a produzir menos hormônios após a castração, ele se torna menos ativo, propenso ao sedentarismo. Para evitar que ele engorde, é importante oferecer uma ração com menos calorias e com outros nutrientes na medida certa para permanecer saudável.

Procure areias sanitárias de qualidade para seu gato

Uma das melhores práticas entre donos de gatos e seus felinos é o de acostumá-los a fazer as necessidades na caixa de areia. Inclusive, diferente dos cães, os gatinhos se adaptam por instinto ao ritual de utilizá-la, já que possuem a natureza de esconder debaixo da terra as suas necessidades fisiológicas.

Dado isso, é importante adquirir materiais de qualidade: uma caixa de areia alta e areia que não tenha cheiro forte, nem que grude nas patinhas de seu felino. Então, vale a pesquisa antes de comprar os produtos que serão utilizados por seu gatinho.

Tenha arranhadores e brinquedinhos para o gatinho

Especialmente se o gatinho que você for adotar for filhote, ele será cheio de energia e vontade de brincar com o que tiver pela frente. Um bebê gato está descobrindo o potencial de suas garrinhas, e não pensa duas vezes antes de usá-las em qualquer móvel de sua casa.

Para evitar estragos maiores, o ideal é comprar coisas específicas para ele se distrair, como brinquedinhos e o clássico arranhador. Ensinando seu felino a usar os objetos que pertencem a ele, você poderá ficar menos preocupado com qualquer dano ao seu lar pois ele vai se divertir mais com os brinquedos dele.

Dedique um espacinho para cada coisa de seu gato

É importante saber que os pets preferem que cada coisa tenha seu lugar, tal como nós. Um cômodo é o local para dormir pra valer na caminha para o gatinho, e outro ambiente para comer, assim como um espacinho só pra caixinha de areia.

Em especial, vale evitar a proximidade da caixa de areia com o comedouro e bebedouro, uma vez que os gatos podem preferir não comer ou não fazer as necessidades por estar uma coisa próxima a outra.

Dica para gatos de apartamento: tele todas as janelas!

Gatos são animais que se acostumam muito bem com apartamentos, sendo inclusive muito indicados para quem mora em prédio. No entanto, não seria possível encerrar essas dicas sem a principal: tele TODAS as janelas de seu apartamento.

Com telas, suas janelas poderão continuar abertas, permitindo a circulação de ar, mas de forma que seus amiguinhos peludos podem ficar seguros em casa. Sem o risco de eles fugirem ou caírem da janela, você fica mais tranquilo com as peripécias de seu felino.

Depois de todas essas dicas, você pode ficar mais tranquilo para trazer seu gatinho para sua casa. E se você acessar o site oficial da Ridelf você poderá conhecer toda a nossa linha de caminhas para gatos.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s