Danos que os puxões sem controle podem causar a você e seu pet!

Passear com o seu pet deve ser um momento de prazer e diversão, aproveitando para esquecer as preocupações e apenas aproveitar o passeio. No entanto, se existe algo que pode transformar as voltinhas com seu pet em um desconforto são os puxões exagerados, sejam vindos do dono ou do próprio cão.

Pelo lado do dono, pode parecer um ato educativo, na intenção de mostrar que o cachorro não pode continuar com a ação que pretendia. Mas para os cães os puxões podem causar diversas lesões, e não são apenas físicas. Por isso, queremos mostrar mais sobre como os puxões podem machucar seu pet e como evitá-los.

Danos físicos causados pelos puxões

O mais comum é repararmos nos danos causados pelo impacto dos puxões no corpo do cachorro, independente de seu porte. E duas partes são mais afetadas pelos puxões: o pescoço e as costas.

Lesões no pescoço

Na hora que o puxão acontece, a coleira aperta a região do pescoço, que por si só é sensível e com terminações nervosas e diversas veias e artérias. Além de tudo, os ossos presentes na região do pescoço são frágeis. Ou seja, exercer uma grande e excessiva pressão no pescoço significa comprometer diretamente a saúde do animal.

Por isso, inclusive, que o uso de um peitoral é mais recomendado para cães que possuem o hábito de puxarem nos passeios. A peiteira respeita melhor a anatomia do pet, enquanto a coleira é mais indicada para animais de pequeno porte e mais comportados no passeio. Insistir no uso do colar mesmo puxando é insistir no risco para seu pet.

Lesões nas costas

Ainda mais grave são as lesões causadas na coluna do pet, uma vez que, independente de ser coleira ou peiteira, os puxões criam grande pressão nas vértebras e isso acarreta futuros danos preocupantes para a saúde do animalzinho.

Os danos na coluna podem causar reflexos na postura e até no andar do pet, podendo também afetar sistema linfático, circulatório e nervoso. Isso tudo por causa da importância das vértebras e da espinha, que podem ser lesionadas com o impacto de puxões excessivos.

Traumas causados pelos puxões

Além dos danos causados no corpo de seu pet, os puxões podem criar distúrbios no comportamento deles, quando inclusive muitas vezes são provocados pelo dono para justamente tentar corrigir isso. No entanto, puxar com força o animal cria apenas uma assimilação negativa, que pode gerar uma bola de neve.

Por exemplo, se o dono puxa o cão com força ao ver um outro cachorro na rua, tentando impedir que ele lata ou avance, isso vai criar uma assimilação de que outros cachorros provocam aquela dor do puxão no pet. Dessa forma, sempre que avistar um outro cachorro, ele já ficará apreensivo, ansioso e poderá reagir de forma negativa para justamente evitar a aproximação.

Como evitar os puxões durante o passeio

Tentar educar através de puxões não é algo recomendado ou sequer eficaz. Por isso, deve-se evitar essa prática e adestrar seu pet através de outros métodos mais saudáveis.

Além de buscar dicas com especialistas no assunto, nós recomendamos o uso de guias com material redutor de impacto, que absorvem qualquer puxão provocado por seu companheirinho. E dentre essas guias, a Ridelf possui a linha Power, focada no conforto máximo para tutores e pets.

E para conhecer ainda mais dos produtos que a Ridelf reserva para os melhores passeios de seu pet, convidamos você a conhecer nossa loja virtual. Escolha o conjunto de coleira ou peiteira com guia que mais combina com o estilo de seu pet e aproveite os melhores passeios!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s